Internacionalização das PME (operações individuais)

*Âmbito e Objetivos

Apoio financeiro a projetos que reforcem a capacitação empresarial das PME para a internacionalização, com vista a promover o aumento das exportações através do desenvolvimento e aplicação de novos modelos empresariais e de processos de qualificação das PME para a internacionalização, valorizando os fatores imateriais da competitividade, permitindo potenciar o aumento da sua base e capacidade exportadora.

 

*Área Geográfica

Portugal Continental.

 

*Beneficiários

Empresas PME (exclui grandes empresas) de qualquer natureza e sob qualquer forma jurídica.

 

*Tipologia da Operação

São suscetíveis de apoio os projetos individuais de internacionalização que visem os seguintes domínios:

a) O conhecimento de mercados externos;
b) A presença na web, através da economia digital;
c) O desenvolvimento e promoção internacional de marcas;
d) A prospecção e presença em mercados internacionais;
e) O marketing internacional;
f) A introdução de novo método de organização nas práticas comerciais ou nas relações externas;
g) As certificações específicas para os mercados externos.

 

*Despesas Elegíveis

● Presença em feiras internacionais;

  • Custos com serviços relacionados com alojamento e deslocação;
  • Custos com o arrendamento de espaço;
  • Custos com a construção e funcionamento do stand.

 

● Custos relacionadas com a promoção da internacionalização, incluindo a prospecção e captação de novos clientes e ações de promoção realizadas em mercados externos;

● Custos dos serviços de consultoria especializados, prestados por consultores externos, que não constituam uma atividade contínua nem periódica, nem estejam relacionados com o normal funcionamento dos beneficiários, como por exemplo:

  • Campanhas de marketing internacional, que inclui a contratação de serviços nas áreas de mailing e telemarketing, publicidade e meios de comunicação especializados;
  • Custos associados à certificação de produtos, processos ou serviços, custos de conceção e registo de novas marcas ou coleções; 
  • Custos iniciais associados à domiciliação de aplicações, adesão inicial a plataformas eletrónicas, subscrição inicial de aplicações em regimes de “software as a service”, criação e publicação inicial de novos conteúdos eletrónicos, bem como a inclusão ou catalogação em diretórios ou motores de busca;
  • Custos com a intervenção de Contabilistas Certificados ou Revisores Oficiais de Contas, na validação da despesa dos pedidos de pagamento;

 

Obtenção, validação e defesa de patentes e outros custos de registo de propriedade industrial;

● Custo com a contratação de um máximo de 2 novos quadros técnicos por projeto, com nível de qualificação igual ou superior a 6;

●Custos dos equipamentos necessários para a aplicação de novos métodos organizacionais, incluindo software.

 

Limites do Apoio

O apoio a conceder assume a forma de subvenção não reembolsável, sendo a taxa máxima de financiamento de 50%.

O valor de investimento elegível mínimo por projeto será de 25.000 euros e o montante máximo de apoio ascende a 500.000 euros.

 

*(Os requisitos indicados estão de acordo com o último Aviso publicado, sendo que, apenas após a publicação do Aviso definitivo serão conhecidas as condições finais.)

Partilhe este artigo:

Artigos relacionados

Quer ser contactado?

Estamos aqui para ajudar a responder às suas questões, os nossos gestores estão à disposição para informar sobre todos os aspetos do nosso serviço.

Este website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de utilização. Ao continuar a navegar estará a concordar com a nossa Política de privacidade